Escreve Ilona Ferrão de Souza:

Em 2009 o assunto (da amostra do Brasil no PISA)  já foi bem discutido, mas não publicamente. Agora em 2012 está tão óbvio que há uma questão com o universo de alunos “desirable” para o Brasil, que há menção a isso no relatório (Anexo A7), inclusive com recálculo incluindo as escolas rurais multisseriadas. Assim, como já estava usando os dados de 2009 para comparar grupos de países, fiz o mesmo gráfico com os dados de 2011. O único país do grupo selecionado que mudou foi o Brasil e não mudou pouco.
Será que a contabilidade criativa chegou ao Pisa? Com a anuência de quem?
Seguem os gráficos, os países estão ordenados pela proporção de alunos no décimo ano:
ilona1
ilona2